maio 31 2022 0Comentário
iluminação

Guia de iluminação para os ambientes da casa

A iluminação é um dos elementos mais importantes para manter uma casa aconchegante e compor o décor. É ela quem vai criar ambientes incríveis e sensação de conforto, estimulando os seus momentos de relaxamento em casa.

Pensando nisso, a Reatec Engenharia preparou um guia de iluminação completo para te ajudar a decidir os melhores tipos de iluminação, as luminárias ideais para cada ambiente e muito mais. Confira!

 

Tipos de luz

Escolher um tipo de luz adequado é essencial para conseguir alcançar o equilíbrio entre funcionalidade e beleza. Para isso, existem três modalidades de luz que proporcionam sensações variadas. Saiba quais são e suas principais características. 

 

Luz difusa

Com claridade uniforme e suave, este tipo de luz transmite uma iluminação, praticamente, sem sombras indesejadas. Os tipos de luminárias que se adequam a esta função são as arandelas e plafons, porém também é possível criar esse efeito com as lâmpadas em vidro leitoso.  

 

Luz direta

O principal objetivo desta iluminação é destacar um ponto específico, como quadros, esculturas e também auxiliar no cantinho da leitura. As luminárias mais indicadas para essa função são os spots, lâmpadas dicróicas e luminárias de mesa. Mas, para conseguir uma iluminação confortável, não utilize este tipo de luz em locais que emitem reflexos ou algum tipo de brilho. 

 

Luz indireta 

Ideal para criar um ambiente mais intimista e confortável, este tipo de luz é muito utilizado em rebaixamento de gesso e forros de teto. Perfeita para potencializar o aconchego, a luz indireta ilumina de forma uniforme e suave, sendo menos invasiva e mais agradável aos olhos. 

 

Luz Branca x Luz Amarela

A luz branca deixa os ambientes mais iluminados e é específica para criar uma atmosfera de atenção, foco e melhor visibilidade. Justamente por isso, ela é uma boa pedida para cozinhas e escritórios. 

Já a luz amarela, como o próprio nome diz, induz uma iluminação mais sutil e amarelada, proporcionando um aconchego maior. Ela é própria para os cômodos destinados aos momentos de descanso, como o quarto e a sala de estar. 

 

Iluminação perfeita para cada ambiente

Cada ambiente de uma casa tem uma necessidade diferente, e por isso mesmo, é fundamental que cada cômodo tenha uma iluminação adequada.

Cozinha e lavanderia

Por serem ambientes onde há a realização de muitas tarefas, é necessária uma iluminação uniforme para não cansar a visão. Dessa forma, evite variações de tonalidades para que também não haja interferência no preparo dos alimentos. 

Caso opte por iluminação acima da bancada, aposte nas lâmpadas incandescentes com alto IRC (índice que mede a fidelidade na reprodução de cores). Há também a opção das lâmpadas halógenas, porém elas consomem mais energia e emitem muito calor. 

Para a lavanderia, vale a mesma regra de fidelidade de cores, que facilita a identificação de possíveis manchas nas roupas e auxilia na limpeza. Os modelos mais indicados são as lâmpadas LED (super econômicas) ou as fluorescentes. 

 

Sala de estar e quarto

Como esses são ambientes em que buscamos conforto, além de estilo, é claro, o ideal é que a iluminação seja aconchegante. Por isso, vale investir em diferentes fontes de iluminação indireta, como por exemplo, abajur e lustres .

Já o quarto é um ambiente reservado ao relaxamento, é essencial que a iluminação seja leve e agradável. Além de uma fonte central, é recomendado apostar nas luminárias ou abajures na mesa de cabeceira. 

Vale também apostar em maneiras para controlar a intensidade da luz, como o dimmer. Com ele é possível definir o ajuste de uma maneira que se assemelha ao botão de volume de um aparelho sonoro. 

 

Banheiro

A iluminação do banheiro irá depender das formas como você o utiliza. Por exemplo, se você quer um ambiente para relaxar, aposte na luz indireta e não tão intensa. Mas, se você costuma se maquiar e precisa de uma iluminação mais forte, escolha modelos maiores e de luz direta.  

O mais recomendado para o banheiro é ter uma iluminação central, que deve ser realizada com a ajuda de lâmpadas LED ou fluorescentes, e uma iluminação secundária com a presença de lâmpadas de diferentes intensidades. 

Então, o que achou do nosso guia de iluminação? Esperamos que ele te ajude a deixar todos os seus ambientes ainda mais especiais. Se curtiu este conteúdo o quer ficar por dentro de todas as nossas novidades, acompanhe a gente nas redes sociais.  Siga-nos no Instagram!

sol